Segunda-feira, 16 de Abril de 2018 - 07h51 - Atualizado em: Segunda-feira, 16 de Abril de 2018
Grêmio vê elenco mais robusto e traça estratégia para o Brasileirão
André é um dos reforços de 2018 que fazem Grêmio ver elenco mais forte para o Brasileiro
Foto: Pedro Vale/Agif/Estadão Conteúdo

Um elenco com opções, maior profundidade na comparação com o ano passado, e que pode sustentar a briga pelo título do Brasileirão mesmo com disputa de outra competição simultânea. Esse é o principal argumento do Grêmio para acreditar que o tri é possível. O grupo de jogadores mais robusto faz parte de uma estratégia: se manter no bloco da frente até a hora em que for possível. Ou até ser obrigado a definir uma prioridade.

Em 2017, o Grêmio passou todo o Campeonato Brasileiro entre os quatro melhores. Mas a falta de um banco de reservas mais qualificado tirou o Tricolor da briga pelo título.

"O importante é começar bem e se manter. Falei ao meu grupo. Temos que nos manter no grupo da frente. Não podemos nos distanciar, aí fica difícil. Ano passado, o Grêmio nunca saiu do grupo da frente. Aí, você fica o tempo todo brigando pelo título", disse Renato Gaúcho.

Depois de vencer o Cruzeiro, no sábado, o Tricolor já está no Paraguai onde enfrenta o Cerro Porteño na terça-feira, pela Libertadores. O reflexo disso é possível mudança no time que joga domingo que vem contra o Atlético-PR.

"Espero que as pessoas comecem a compreender um pouquinho melhor o que é o futebol. Tem gente que ainda acha que jogadores são robôs. Eles são humanos, é preciso segurar às vezes. A gente não para, terça já tem jogo de novo. Mas vamos lá, temos um grupo forte. Um grupo que montamos muito bem", afirmou Renato.

O elogio ao grupo e a montagem dele é a senha para revelar a principal aposta do Grêmio em 2018. Com as chegadas de Madson, Paulo Miranda, Maicosuel, Alisson, Thonny Anderson, Hernane e André o clube entende que pode manter a competitividade quando precisar botar força máxima na Libertadores ou Copa do Brasil.

No time titular as mudanças são pontuais. E envolvem jogadores que já estavam no clube. Como Léo Moura, Everton e Jael entrando nas vagas de Edilson, Fernandinho e Lucas Barrios. Mas no banco as trocas são significativas. Em 2017, os reservas do Tricolor não conseguiram manter o nível de rendimento. O Grêmio, aos poucos, foi se distanciando do Corinthians e depois abriu mão de vez do título.

"Temos um grupo bastante consciente e inteligente. Montamos o grupo para conquistar", frisou o treinador do Grêmio.


Fonte: Uol/ esporte


COMPARTILHE:
Rádio Porto Feliz no facebook

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122
http://portofeliz.am.br/

Google Maps

Este site também pode ser acessado via iPad/Tablet. Mais mobilidade para você.