Valdenir Ciceri

Bom Dia Porto Feliz
07:03 às 07:50

Quarta-feira, 04 de Janeiro de 2017 - 05h19
​Nasce filho de jornalista que morreu no voo da Chapecoense
Guilherme van der Laars era produtor do Esporte Espetacular
Foto: Reprodução G1

O terceiro filho do jornalista Guilherme van der Laars, que morreu na tragédia com o avião da Chapecoense, nasceu nesta segunda-feira (2), no Rio de Janeiro.

Na foto, ainda na sala de parto, Gabriel está com a mãe, Carol Rossato, e o tio, Henrique, irmão do Guilherme van der Laars, que tinha 43 anos e era produtor do Esporte Espetacular. Guilherme e Carol já tinham outros dois filhos: Felipe e Tomás.

O acidente

O avião que levava a delegação da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, caiu na madrugada do dia 29 de novembro, a poucos quilômetros da cidade colombiana.

Seis pessoas foram resgatadas com vida, os jogadores Alan Ruschel, Neto e Follmann, o jornalista Rafael Henzel, o técnico da aeronave Erwin Tumiri e a comissária de bordo Ximena Suarez.

O avião da LaMia, matrícula CP2933, decolou de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, com destino a Medellín com a delegação do time, jornalistas e convidados. Segundo as autoridades colombianas, a lista do voo tinha 81 nomes: 72 passageiros e 9 tripulantes.

O time da Chapecoense embarcou para a Colômbia para disputar a primeira partida da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, que estava marcada para o dia 30. Os jornalistas estavam acompanhando a rotina dos jogadores e iriam transmitir o jogo.

Inicialmente, o voo iria diretamente de Guarulhos (SP) para Medellín, mas o voo foi vetado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Em razão do veto, a equipe tomou um voo comercial até a Bolívia e, de lá, o grupo pegou o voo da LaMia.


Fonte: G1


COMPARTILHE:
Rádio Porto Feliz no facebook

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122
http://portofeliz.am.br/

Google Maps

Este site também pode ser acessado via iPad/Tablet. Mais mobilidade para você.