Sexta-feira, 19 de Maio de 2017 - 06h39 - Atualizado em: Sexta-feira, 19 de Maio de 2017
Meia recusa até troca pelo próprio irmão e vai parar no time B do Grêmio
Uruguaio treina com o time de transição após ficar sem espaço e não aceitar saída
Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Maxi Rodríguez, 26 anos, não quer sair do Grêmio e reiterou isso várias vezes nos últimos meses. Fora dos planos de Renato Gaúcho, o meia recebeu ofertas e disse 'não' a todas. Uma delas envolvia troca com seu próprio irmão, Gastón Rodríguez, que está no Peñarol. Sem topar uma transferência, o uruguaio foi parar no time de transição do clube gaúcho.

Trata-se de uma espécie de Grêmio B, onde ficam jovens que estouraram o limite de idade para continuar nas categorias de base. A equipe também costuma abrigar aqueles que estão sem espaço no grupo principal.

A última recusa de Maxi foi ao Avaí. O time catarinense pediu o meia para liberar Lucas Lovat, 20 anos, em um novo empréstimo. O Grêmio topou e botou os dirigentes em contato com o estrangeiro. O jogador agradeceu, mas preferiu seguir em Porto Alegre.

Maxi foi contratado em 2013, após se destacar pelo Montevideo Wanderers. No Grêmio não conseguiu deslanchar e, com isso, acabou emprestado para Vasco, Universidad de Chile e Peñarol. Voltou antes do Uruguai por conta de lesão, mas poderia ter retornado a Montevidéu.

A troca de Porto Alegre pela capital uruguaia envolvia uma curiosa possibilidade. No início de 2017, atrás de atacantes, o Grêmio se interessou por Gastón Rodríguez, 25 anos. O jogador teve bom desempenho no campeonato uruguaio e foi liberado pelo Peñarol. Maxi foi oferecido e houve interesse. Mas o jogador não topou um novo empréstimo. O detalhe insólito: Gastón é irmão de Maxi.

Gastón foi contratado pelo time uruguaio em 2016, quando Maxi ainda estava no Peñarol. Os dois usaram as contas no Twitter para celebrar a assinatura do contrato, que só seria oificializado no dia seguinte. Neste ano, o irmão mais novo (Gastón) já marcou quatro gols na Libertadores – um deles na derrota para o Palmeiras, em São Paulo.

Em fevereiro, logo após a lesão de Douglas, o Grêmio chegou a observar Maxi como opção caseira para a vaga no time titular. Pouco depois, o meia teve uma fratura na mão e não confirmou a ascensão nos treinos. O contrato com o Tricolor vai até dezembro de 2017.


Fonte: Uol/ esporte


COMPARTILHE:
Rádio Porto Feliz no facebook

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122
https://portofeliz.am.br/

Google Maps

Este site também pode ser acessado via iPad/Tablet. Mais mobilidade para você.